finep

 

A Finep concede financiamentos reembolsáveis e não reembolsáveis a instituições de pesquisa e empresas brasileiras. O apoio da Finep abrange todas as etapas e dimensões do ciclo de desenvolvimento científico e tecnológico: pesquisa básica, pesquisa aplicada, inovações e desenvolvimento de produtos, serviços e processos. A Finep apoia, ainda, a incubação de empresas de base tecnológica, a implantação de parques tecnológicos, a estruturação e consolidação dos processos de pesquisa, o desenvolvimento e a inovação em empresas já estabelecidas, e o desenvolvimento de mercados. Além disso, a partir de 2012 a Finep também passou a oferecer apoio para a implementação de uma primeira unidade industrial e também incorporações, fusões e joint ventures.

Os financiamentos reembolsáveis são realizados com recursos próprios ou provenientes de repasses de outras fontes. As empresas e outras organizações interessadas em obter crédito podem apresentar seus Planos Estratégicos de Inovação à Finep a qualquer tempo. A partir de 3 de setembro de 2013, elas devem acessar o hotsite Finep 30 dias, onde estão todas as informações necessárias para a obtenção de financiamento para investimento em inovação sob a forma de crédito, assim como o acesso ao Portal Empresa, destinado ao cadastro da empresa e de seu Plano Estratégico de Inovação para análise da Finep.

Os financiamentos não reembolsáveis são feitos com recursos do FNDCT, atualmente formado preponderantemente pelos Fundos Setoriais de C,T&I. Eles são destinados a instituições sem fins lucrativos, em programas e áreas determinadas pelos comitês gestores dos Fundos. As propostas de financiamento devem ser apresentadas em resposta a chamadas públicas ou encomendas especiais.

A Finep também oferece apoio financeiro para a realização de encontros, seminários e congressos de C,T&I e feiras tecnológicas, mas hoje o CNPq é o responsável pela seleção, avaliação e contratação das operações.

A Finep também atua de forma cada vez mais intensa no apoio a empresas de base tecnológica. Desde 2000 desenvolve o Projeto Inovar, que envolve amplo, estruturado e transparente conjunto de ações de estímulo a novas empresas, por meio de um leque de instrumentos, incluindo o aporte de capital de risco, indiretamente via fundos de capital de risco.

Saiba mais consultando a  Política Operacional da Finep

____________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia

 

O Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia prevê a criação de dezenas de Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs) espalhados pelo país que funcionarão de forma multicêntrica, sob a coordenação de uma instituição-sede que já tenha competência em determinada área de pesquisa.

O programa é conduzido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a FAPESP e com as fundações de amparo à pesquisa estaduais. O apoio da FAPESP permitiu a ampliação dos recursos federais investidos em São Paulo para criação de institutos.

Os projetos aprovados têm as características dos Projetos Temáticos da FAPESP, modalidade que se destina a apoiar propostas de pesquisa com objetivos suficientemente ousados, que justifiquem maior duração e maior número de pesquisadores participantes.

Selecionadas em âmbito internacional, as propostas foram avaliadas por pesquisadores ad hoc especializados em cada uma das áreas de pesquisa dos projetos contemplados. 

CHAMADA INCT – MCTI/CNPq/CAPES/FAPs nº 16/2014

Edital Nº 15/2008 – MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP/Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia

 

 

PARQUE TECNOLÓGICO BOTUCATU
Rod. Gastão Dal Farra, Km 07+184 Metros CEP 18605-525-Jd Aeroporto - Botucatu/SP
Fone: (14) 3813-3629
E-mail: contato@parquebtu.org.br