NUTRIR ORGÂNICOS - ASSINATURA NA PREFEITURA - FOTO SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

O Parque Tecnológico Botucatu termina abril, mês em que comemora 3 anos, com a formalização de mais um contrato. A Nutrir Orgânicos, que desde março deste ano vinha utilizando o Espaço Coworking, decidiu dar um novo passo e agora já ocupa uma sala exclusiva no Núcleo Administrativo do Parque. O novo contrato foi assinado pelo prefeito Mário Pardini; diretor executivo do Parque Tecnológico, Carlos Alberto Costa; e secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Daniel Lopes.

 

A Nutrir Orgânicos existe há cerca de seis anos. Atua na representação comercial e no atendimento pós-venda de produtores orgânicos. Em seu novo espaço contará com sete funcionários, que prestam serviços técnicos e administrativos. “Estamos muito felizes de fechar este contrato e chegar a Botucatu com a nossa equipe. A estrutura do Parque Tecnológico foi fundamental para escolhermos a Cidade e a nossa esperança é de continuar crescendo no ramo da agricultura orgânica", afirmou o diretor da empresa, Renan Ordonhes.

 

"Graças a uma nova postura de gestão e o apoio das instituições e empresas parceiras, estamos crescendo e atingindo os objetivos e as metas definidas pela Prefeitura para o Parque Tecnológico Botucatu, neste momento existe apenas uma sala disponível para novas empresas, ou seja, todas as outras salas já estão formalmente ocupadas”, informa Carlos Costa. 

 

Empresas instaladas
O Parque Tecnológico Botucatu conta com sete empresas em seu Núcleo Administrativo: BPI - biologia molecular; Omics - terapia celular regenerativa; Solutudo - tecnologia da informação e comunicação; Água da Mata - fertilizantes orgânicos; Bird View - estratégias em biodefensivos usando drones; Nutrir Orgânicos - soluções para agricultura orgânica; e Puma – empresa automobilística. [Esta última, com protocolo de intenções de construir uma unidade fábril]

 

No seu Espaço Coworking (ambiente de trabalho com estrutura compartilhada entre diferentes empreendedores), o Parque Tecnológico abriga mais três empresas: Terra Céu – Tecnologias Sociais; NIX42 – Software para Aplicativos; e rbTec – Desenvolvimento de Software.

 

Este ano, o Parque Tecnológico revisou o edital de seleção de projetos para a concessão de áreas de terrenos, disponibilizando pouco mais de 23.000m², divididos em 19 lotes. Três deles foram recentemente concedidos à Mega Whip – Indústria e Comércio de Chicotes Elétricos, primeira empresa autorizada a construir uma unidade fabril dentro do Parque Tecnológico. 

 

Outra área de 33.000m² está reservada à construção de um Centro Empresarial de 6.000 m² e uma segunda área, de 219 mil m², reservada para expansão.

 

Incubadoras
O Parque Tecnológico Botucatu faz ainda a gestão de duas incubadoras, ambientes que abrigam empresas nascentes para proporcionar elementos básicos à viabilização, operacionalização e desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços com vistas ao desenvolvimento econômico e social.

 

A Incubadora Botucatu, localizada na Vila São Benedito [Rua Joaquim Lyra Brandão, 1120], possui sete empresas instaladas e mais um espaço [de 80m²] disponível. Além da estrutura física a Incubadora oferece às empresas incubadas consultorias, assessorias, palestras, workshops, entre outros. Já a Incubadora Prospecta, localizada na FCA/UNESP [campus Fazenda Lageado], atualmente encontra-se em fase de reestruturação. Conta com três empresas residentes, além de auxiliar outros cinco projetos de pré-incubação.

 

Sobre o Parque
Inaugurado em 14 de abril de 2015 e credenciado no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) em 2016, o Parque Tecnológico Botucatu é vocacionado ao desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços nas áreas de bioprocessos, biotecnologia, meio ambiente, produtos florestais, produtos naturais da fauna e da flora, tecnologias sociais, logística, tecnologia da informação e comunicação, entre outras.

 

Para se ter ideia, todas as empresas vinculadas ao Parque de Botucatu já geram anualmente um faturamento da ordem de R$ 15 milhões e mais de 100 empregos diretos. Dentro das boas perspectivas de mercado e novos projetos em tratativas, a previsão é que, muito em breve, este volume salte para cerca de R$ 20 milhões e quase 300 pessoas trabalhando diretamente no Parque Tecnológico.

 

Serviço
Parque Tecnológico Botucatu
Rodovia Gastão Dal Farra km, 7+184m
Tel.: (14) 3811-1546
E-mail: contato@parquetecnologicobotucatu.org.br
Site: http://parquebtu.org.br/


#orgânicos#Botucatu #ParqueTecnológico #parquetecnológicobotucatu#empreendedorismo #negócios #inovação #tecnologia